Pular para o conteúdo principal

Homem sentado em mesa em biblioteca com várias estantes de livros.
Foto: Ricardo Laf/PBH

BH em Pauta: Mercado da Lagoinha tem Portal da Poesia

10/10/2017 | 17:02 | atualizado em 16/10/2017 | 07:15

Para os amantes da poesia, o Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira oferece um projeto simples e potente: “Portal da Poesia”. O projeto é uma mostra literária na qual poesias de autores diversos são expostas a cada mês em uma porta – literalmente.


Poeta e responsável pela criação, curadoria e escolha dos poetas que se apresentam no projeto, Márcia Araújo é funcionária do centro cultural mantido pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Fundação Municipal de Cultura. Márcia opta até por uma maneira poética de definir o projeto: “É uma porta literalmente falando.” O Portal da Poesia já contabiliza 30 edições. “A proposta é aproximar as pessoas da poesia e oportunizar a quem escreve um espaço para ser lido”, explica ela.


Entre os participantes, a poeta Bilá Bernardes foi a primeira convidada. Trabalhos de nomes como Fernando Pessoa, Leonardo Costa Neto, Cecília Meireles, Florbela Espanca e Rogério Salgado também estiveram em cartaz.


Márcia Araújo chama atenção para uma interessante ação transversal. “Em uma edição especial recebemos participantes de um subprojeto do Portal, o Poeta Vizinho, que surgiu para conhecer, incentivar, divulgar e dar visibilidade aos escritores/poetas da região da Lagoinha, e que acabou indo além, expandindo para Belo Horizonte”, relembra.

Segundo Márcia, em princípio, os frequentadores do centro cultural ficavam desconfiados da porta que se abria para uma parede, mas hoje eles já se acostumaram a abrir a porta e ler as poesias. “Às vezes, eles pedem contato do poeta; em outras pedem as poesias impressas”. Ela conta, ainda, que o Portal da Poesia, assim como o Sarau da Metamorfose, outra atividade oferecida pelo equipamento, tem despertado nos usuários do centro cultural a vontade de conhecer mais sobre determinado poeta e, portanto, de ler mais poesia.


A dona de casa Geralda Noronha de Souza, de 82 anos, moradora do bairro Parque Riachuelo, elogia o projeto “É muito importante porque a pessoa que lê tem uma vida mais aberta para conviver com outras pessoas. A leitura é muito importante para tudo na vida.”


A professora aposentada Enilda Garbocci, 65, moradora do bairro Lagoinha, também destaca o poder da leitura. “Eu sempre achei interessante ler as poesias, pois na minha profissão a gente tinha que apresentar e dar ênfase aos textos.” A aposentada ressalta a importância do projeto: “É um incentivo à leitura. Sempre tive admiração pelos poetas em geral, admiro como em versos as pessoas expressam os sentimentos.” 
 

Firmina Fátima Corrêa, 60, dona de casa e moradora do bairro Bom Jesus, faz coro. “Entendo que o projeto é muito bom, pois dá oportunidade para todo mundo que frequenta o centro cultural conhecer poesias e, para os poetas, serem lidos.” 


Poeta do mês

Durante o mês de outubro, o poeta convidado do “Portal da Poesia” é Paulo Siuves, que atua como flautista na Banda de Música da Guarda Municipal de Belo Horizonte. Em maio de 2011, ele publicou o primeiro livro dele, “O Oráculo de Greg Hobsbawn.” 


Paulo Siuves foi contemplado com o prêmio Luso-brasileiro, conferido pela Literarte, figurando entre os melhores poetas em 2013 e em 2016. Faz parte de importantes academias, como a ALC/Suíça e a Literarte, e é o atual presidente da Academia Mineira de Belas Artes.


Siuves destaca a participação no projeto Portal da Poesia. “Participar de tudo em que a poesia está é sempre um passe de mágica para mim. Transformar as palavras para encantar as pessoas, para fazer o dia de alguém melhor, é divino, e o Portal da Poesia proporciona essa mágica que acontece na alma das pessoas. É um projeto maravilhoso, que dá oportunidade ao poeta de se realizar, de ficar encantado diante de pessoas que amam a poesia em estado puro.”


O poeta também ressalta a importância do projeto. “O Portal da Poesia permite estabelecer um laço com outras pessoas; precisamos de mais cores nas nossas vidas, e são essas cores que o projeto nos proporciona a cada edição”, finaliza.
 

Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira 

Endereço: Avenida Antônio Carlos, 821 – Mercado da Lagoinha, região Noroeste. 
Telefones: 3277-6077 / 3277-6091. 
E-mail cclao.fmc@pbh.gov.br
Funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 17h.
Ônibus: Estação Move Odilon Bernes, 51, 63, 5201, 5250, 5401, 5550, 5601, 8101
5031, 4205, 4103, 8401

 

10/10/2017. Portal da Poesia. Fotos: Ricardo Laf/SMC

Últimas Notícias

BH em Pauta: Belo Horizonte na tela do Brasil

Belo Horizonte é a atração de edição especial de fim de ano do programa da apresentadora Angélica, da Rede Globo.

20/10/2017 | 17:13

Hospital Célio de Castro abre processo seletivo

Doze profissionais das áreas da Saúde, Comunicação e Administração serão selecionados; edital também prevê enfermeiros como reserva técnica.

19/10/2017 | 19:04