Pular para o conteúdo principal

Arvorômetro


O Arvorômetro é a ferramenta da PBH para o monitoramento em tempo real do plantio feito na cidade. Ele nos ajuda a rastrear o progresso da Prefeitura em direção à meta lançada em 2021 — de realizar o plantio de 100 mil árvores até o final de 2024 — e promove transparência e engajamento da população de Belo Horizonte nessa missão.

As 10 mais plantadas


Curiosidades que muitas pessoas ainda não sabem sobre as 10 espécies arbóreas mais plantadas em Belo Horizonte:

Avatar

Características: É uma árvore de médio a grande porte, de belas flores amarelas e tronco fissurado formando finas placas que se soltam em pequenas quantidades. Muito utilizada em arborização de parques e praças tanto por sua beleza quanto pelo seu porte imponente. As folhas possuem de quatro a cinco folíolos e bordas suavemente serrilhadas. Suas flores foram cachos e a floração ocorre após a queda das folhas, durante o período mais seco, no inverno. Em Belo Horizonte suas flores costumam aparecer logo após as do Ipê-Roxo.

Localização de exemplar em BH: Rua Teixeira Mendes, 70 - Cidade Jardim. Em frente ao Ed. Niemeyer.

Curiosidades: A flor do Ipê Amarelo é considerada a flor símbolo do Brasil.

Nome popular: Ipê Amarelo.
Nome Científico: Handroanthus serratifolius.

Avatar

Características: Árvore ornamental, muito útil para arborização urbana, especialmente em pequenas ruas, devido ao seu porte reduzido, que não atrapalha a fiação elétrica, exigindo, portanto, pouca manutenção. É uma das espécies de Ipê mais largamente utilizadas na arborização em Belo Horizonte. Possui porte menor quando comparado ao Ipê amarelo, e muitas vezes apresenta tronco e ramos tortuosos. Suas folhas são palmadas com 3 a 5 folíolos.

Localização de exemplar em BH: Rua Fernandes Tourinho, 370 - Savassi.

Curiosidades: Se o Ipê Tabaco possui flores amarelas, porque tabaco? Ele tem uma filosidade cor de ferrugem nos ramos mais novos, nas gemas e na base das flores. Por isso, é chamado de Ipê Tabaco.

Nome popular: Ipê Tabaco.
Nome Científico: Tabebuia chrysotrichus.

Avatar

Características: Árvore de porte mediano com 20 a 35 m de altura, de tronco grosso. Muito utilizada em arborização urbana de parques e praças. Na época da floração a planta se destaca na vegetação pela beleza de sua copa e flores. Durante o período de seca, a árvore perde totalmente suas folhas e inicia o processo de floração. Flores vistosas rosadas ou roxas em forma de bolas cobrem quase toda a planta. Possui folhas compostas digitadas de 5 folíolos.

Localização de exemplar em BH: Praça da Liberdade, Savassi.

Curiosidades: Na temporada dos Ipês, o Ipê Roxo é o primeiro a florir em Belo Horizonte, deixando a cidade cor-de-rosa.

Nome popular: Ipê Roxo.
Nome Científico: Handroanthus impetiginosus.

Avatar

Características: Árvore de pequeno para médio porte, que fica entre 7 e 16 metros de altura. É uma árvore de grande valor ornamental. É amplamente utilizada no paisagismo, pois é uma árvore resistente, adaptável a diferentes tipos de solos, de crescimento rápido e porte adequado a arborização urbana. Com uma flor rara e também efêmera, não há quem não se admire com esta árvore-neve a contrastar na paisagem. Em campo aberto então, é difícil passar incólume diante de sua beleza. As folhas são compostas, opostas e digitadas, com 5 a 7 folíolos. Essa espécie de Ipê também é uma árvore decídua, ou seja, perde suas folhas na época seca. A perda de folhas é um mecanismo de defesa da árvore contra a seca.

Localização de exemplar em BH: Av. Afonso Pena, (conservatório), 1534, Centro.

Curiosidades: A floração do Ipê-Branco dura, em média, quatro dias (quando não, menos), enquanto as espécies de outras cores (roxa e amarela, sobretudo), vão de uma semana a 10 dias. Caso aviste um exemplar florido, aproveite para fotografar logo!

Nome popular: Ipê-Branco.
Nome Científico: Tabebuia roseo-alba.

Avatar

Características: Árvore ornamental de porte médio, exuberante na sua aplicação para arborização urbana. Destaca-se como uma escolha ideal para embelezar praças, parques, jardins, ruas e avenidas. Apresenta boa resistência à poluição atmosférica e oferece bom sombreamento. O crescimento radicular é moderado, não causando danos ao calçamento, quando o plantio é realizado corretamente. Sua florada é mais intensa nos meses de outubro e novembro.

Localização de exemplar em BH: Av. Fleming, 394 canteiro central - Ouro Preto (Alojamento Estudantes da UFMG).

Curiosidades: É considerada por muitos como a “Musa das Calçadas” por ser muito charmosa e adequada para arborização urbana. Possui diversas cores de floração, vermelha, branca, rosa, lilás e roxo.

Nome popular: Escumilha Africana.
Nome Científico: Lagerstroemia speciosa.

Avatar

Características: Outra espécie perfeita para as calçadas, o resedá é uma arvoreta que não possui raízes agressivas, além de ter um belo florescimento. Suas folhas são elípticas, com bordas onduladas. O tronco é muito belo, liso, de tons claros, marmorizado. Seu porte chega a 6 metros de altura. As inflorescências, formadas ainda no inverno, contém inúmeras flores crespas de coloração rosa, branca, roxa, salmão ou vermelha.

Localização de exemplar em BH: Rua dos Aimorés, 1279 - Boa Viagem - Rua Padre Marinho, 165 - Santa Efigênia.

Curiosidades: Por se tratar de um arbusto conduzido facilmente e reproduzido através de estaqueamento, foi tida como panaceia para o plantio em ruas com fiação elétrica. Como resultado, em algumas cidades esta espécie sozinha representa mais de 20 por cento das árvores em via pública.

Nome popular: Escumilha Resedá.
Nome Científico: Lagerstroemia indica.

Avatar

Características: É uma das árvores nativas com maior potencial para ornamentação urbana, fato que reside nas características estéticas da árvore, seu rápido crescimento e grande resistência às pragas, doenças e poluição atmosférica, aspectos que a recomendam para arborização urbana, sendo amplamente cultivada em todas as regiões brasileiras. Além da beleza, apresenta crescimento rápido e resistência à poluição ambiental.

Localização de exemplar em BH:Av. Cristóvão Colombo, 506 (cinco árvores no canteiro central) - Funcionários.

>Curiosidade: Esta árvore pode viver até 100 anos de idade e é a espécie mais próxima do Pau-Brasil. Se distingue pela ausência de espinhos no caule, nos ramos e nos seus frutos. Os frutos da Sibipiruna são maiores, com superfície lisa e óssea, enquanto os do pau-brasil são menores e espinhosos.

Nome popular: Sibipiruna.
Nome Científico: Caesalpinia pluviosa.

Avatar

A quaresmeira é uma árvore ornamental que encanta mesmo quando não está carregada com suas flores roxas ou rosadas, pela exuberante copa arredondada, com folhas verde- escuras. Com porte de pequeno a médio, chegando até 12 metros de altura, é bastante utilizada na arborização urbana, por compatibilizar-se bem com o mobiliário urbano. Possui folhas elípticas e pequenos frutos marrons, floresce duas vezes por ano, no outono e na primavera, de onde se origina seu nome popular, como referência ao período da quaresma. Seu ciclo de vida pode durar até 70 anos.

Localização de exemplar em BH: Praça Marília de Dirceu, 56 - Lourdes (flores cor rosa) - Rua Teixeira Mendes, 260 - Cidade Jardim (flores cor lilás).

Curiosidades: Muitas pessoas confundem as Quaresmeiras com os Ipês, porém a floração dos Ipês ocorre no inverno e os mesmos perdem as folhas durante a floração. Já nas quaresmeiras, a floração se concentra no mês de maio (durante o período da quaresma), as flores são roxo e rosa e as folhas não caem no período de floração.

Nome popular: Quaresmeira.
Nome Científico: Tibouchina granulosa.

Avatar

Características: O oiti é uma árvore perenifólia bastante comum na arborização urbana Brasil afora, mas quase não prestamos atenção nele. No entanto, durante os meses de novembro a janeiro, período de frutificação, nota-se grande quantidade de frutos caídos, deixando o chão amarelinho. Suas folhas são cobertas de pelos, sua floração é branca e sua copa oferece uma ótima sombra, podendo alcançar entre 9 a 12 metros de altura ou mais. Seus frutos são comestíveis e as sementes são ricas em óleo.

Localização de exemplar em BH: Av. Santos Dumont, 174 - Centro (Centro Cultural da UFMG).

Curiosidades: Muito utilizada em arborização urbana, a espécie é considerada bioindicadora, esta qualidade é atribuída a algumas alterações foliares que podem fornecer informações sobre a qualidade do ar em ambientes urbanos.

Nome popular: Oiti.
Nome Científico: Licania tomentosa.

Avatar

Características: É uma árvore de folhas perenes, muito conhecida por sua forte fragrância e suas flores amarelas ou brancas. Apresenta porte mediano, copa frondosa e tronco esbranquiçado. É uma árvore cultivada principalmente para extração de sua madeira, mas também muito usada para arborização urbana, onde seu perfume pode ser valorizado. É especialmente interessante para os centros das cidades, de forma a aliviar o odor desagradável que eventualmente toma conta de suas ruas. Localização de exemplar em BH: Rua Paraíba, 710 - Savassi.

Curiosidades: A árvore de flores magníficas é a Magnólia, cujo nome homenageia o botânico Pierri Magnol. Muito apreciada na arborização, o ápice da sua exuberante floração ocorre após os 25 anos. Suas flores são utilizadas para a produção de perfumes franceses.

Nome popular: Magnólia.
Nome Científico: Magnolia champaca.

Histórias da cidade


Explore a evolução da arborização em Belo Horizonte através de nossa linha do tempo interativa. Descubra histórias, curiosidades, depoimentos e fotos que destacam a transformação e recuperação de espaços degradados por meio dos plantios de árvores. Veja como nossa cidade se tornou mais verde e sustentável ao longo do tempo.

2018
2019
2020
2021
2022
2023
2024
2025

Do mesmo modo, o surgimento do comércio virtual assume importantes posições no estabelecimento dos procedimentos normalmente adotados. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como a necessidade de renovação processual exige a precisão e a definição dos métodos utilizados na avaliação de resultados. O cuidado em identificar pontos críticos na mobilidade dos capitais internacionais obstaculiza a apreciação da importância do sistema de participação geral. A prática cotidiana prova que o início da atividade geral de formação de atitudes auxilia a preparação e a composição do impacto na agilidade decisória. Caros amigos, a hegemonia do ambiente político cumpre um papel essencial na formulação de todos os recursos funcionais envolvidos.

Veja o conteúdo

Conheça o bairro | Campeche

Veja o conteúdo

Arquitetura e Design | Campeche

Veja o conteúdo

Estudo de mercado e imóveis | Campeche

Veja o conteúdo

O que os clientes da construtora tem a dizer | Campeche

Veja o conteúdo

Documentação Imobiliária, comprando com segurança | Campeche

Veja o conteúdo

Saiba tudo sobre Financiamentos | Campeche

Veja o conteúdo

Pré-reserva | Campeche

Veja o conteúdo

Evento e desconto final | Campeche

Veja o conteúdo

Centro de conhecimento


Como solicitar e realizar um plantio


PLANOS MUNICIPAIS

Para plantar uma árvore, escolha um local ensolarado com solo fértil e drenagem adequada. Cave um buraco duas vezes maior que o torrão da raiz, remova pedras e raízes danificadas. Posicione a árvore no centro, preenchendo o buraco com terra e regando abundantemente. Proteja com um tutor se necessário e mantenha a rega regular nos primeiros meses.

Manejo


A Prefeitura de Belo Horizonte garante, a qualquer interessado, o acesso a informações públicas, produzidas ou sob guarda dos órgãos e entidades da administração municipal, desde que não estejam enquadradas nas exceções e hipóteses de sigilos legais.

Para solicitar qualquer informação sobre o manejo de árvores em BH, acesse:

Últimas Notícias


Avaliação do portal
Média dos votos: 3 (4 votos)