Pular para o conteúdo principal

Médica examina mãos de paciente, em consultório.
Foto: Divulgação PBH

Secretaria Municipal de Saúde faz mutirão para diagnóstico de hanseníase

30/01/2019 | 20:08 | atualizado em 11/02/2019 | 11:45

Um mutirão dermatológico, para identificação de possíveis casos de hanseníase, foi realizado na quarta-feira, 30/1, no Centro de Saúde Barreiro de Cima, na regional Barreiro. O objetivo foi alertar a população sobre os sinais e sintomas da doença e incentivar a procura pelos serviços de saúde. Dez profissionais foram mobilizados para a ação, entre médicos clínicos generalistas, dermatologista, enfermeiros, gestores e agente comunitário de saúde.

 

Segundo a referência técnica do Programa de Controle da Hanseníase Juliana Veiga, da Secretaria Municipal de Saúde, é fundamental que a pessoa dê continuidade ao tratamento. “É importante a pessoa buscar ajuda para o diagnóstico e tratamento, que é gratuito e encontrado em todos os centros de saúde. O tratamento pode durar de 6 a 12 meses, em média, e a doença tem cura. Após aproximadamente 48 a 72 horas de início do tratamento, o paciente deixa de transmitir a doença”, esclarece.

 

No mutirão foram realizados 47 atendimentos. Em tratamento há mais de dez anos por causa de manchas na pele, a dona de casa Francisca Vanesca Maciel, 36 anos, notou também manchas vermelhas nas mãos e pernas. Depois da consulta, ela ficou aliviada e satisfeita com o atendimento “As manchas me preocupavam, fiz os testes e não é hanseníase”, relatou. Na sala de espera da unidade também houve panfletagem, vídeo educativo, palestra e dinâmica sobre a hanseníase.

 

A hanseníase é doença infectocontagiosa crônica, causada pelo Mycobacterium leprae, e é potencialmente incapacitante se não diagnosticada precocemente. Ela acomete principalmente pele e nervos periféricos, mas pode comprometer outros órgãos, principalmente em estágios mais avançados. Pode causar esterilidade, cegueira, deformidades ósseas e articulares e até mesmo o óbito, em alguns casos. Os primeiros sinais e sintomas da hanseníase podem ser manchas, sensação de formigamento, ou apenas áreas da pele dormentes.

Últimas Notícias

Vista aérea do Parque Juscelino Kubistchek, durante o dia. Parque Juscelino Kubistchek vai receber obras para maior conforto dos visitantes
Mais conhecido como Praça JK, o parque terá sua quadra de futebol de areia, muito procurada pelas comunidades, completamente reformada. 
14/08/2019 | 21:09
Mais de trinta pessoas passeando no BH é da Gente - Savassi, durante o dia. Shows de jazz, bossa e samba são atrações do BH é da Gente de domingo, dia 18/8

BH é da Gente tem ‘boliche ecológico’, ação contra Leishmaniose e shows de jazz, bossa e samba, neste domingo, dia 18/8.

14/08/2019 | 21:02