Pular para o conteúdo principal

Homem em grua troca de lâmpadas comuns por LED nos postes do bairro Céu Azul.
Foto:Divulgação/PBH

Região de Venda Nova é beneficiada com iluminação de LED

14/11/2017 | 15:36 | atualizado em 20/11/2017 | 15:10

A comunidade do bairro Céu Azul, na região de Venda Nova, é a primeira a ser beneficiada com as novas lâmpadas de LED implantadas em substituição às lâmpadas convencionais de vapor de sódio. A novidade teve início no dia 23 de outubro, na rua Geraldo Moreira dos Santos, em frente ao número 33, e agradou comerciantes e moradores que comemoram a possibilidade de ter mais tranquilidade para andar à noite. “É uma melhoria para a região. Com as ruas mais iluminadas, as pessoas vão ter mais liberdade e mais confiança pra ir e vir, e isso ajuda no comércio. Os próprios comerciantes vão ter mais confiança pra deixarem seus comércios abertos até mais tarde”, avalia Benedito Ramos dos Santos, de 26 anos, proprietário de uma barbearia na rua Helga Taveira de Souza.

Atendente em uma padaria na rua Horácio Terena Guimarães, Ariane Almeida Rocha, 27, conta que a situação no bairro Céu Azul melhorou muito nos últimos tempos. “Eu moro aqui há muito tempo e antes era muito ruim, muito escuro. Se tinha um poste de um lado da rua, do outro lado ficava tudo escuro, agora melhorou. É muito bom para as pessoas que estudam ou trabalham até tarde porque agora quando elas passam aqui a rua está muito mais clara”, avaliou.

A professora Marta Aparecida dos Santos, 49, moradora na rua Nova República, também ficou satisfeita com a novidade.  “Eu acho que vai melhorar muito, porque é muito ruim quando a gente está chegando da faculdade de noite e está tudo escuro, então com certeza com essas lâmpadas novas são melhores. Eu acho que isso vai ajudar a inibir a ação de criminosos e vai dar mais segurança para as pessoas, e os comerciantes também vão se beneficiar com isso”, disse.
 

Cronograma prioriza áreas carentes

Em toda a região de Venda Nova existem 17.202 pontos de iluminação pública. Destes, 15.299 serão modernizados até agosto de 2018. E os outros 1.903 pontos até abril de 2020. Oito equipes estão trabalhando em dois turnos de trabalho para concluir a troca da iluminação dentro do prazo estipulado. No momento, estão sendo feitas as substituições na avenida Bernarda Silvestre, bairro Rio Branco, e rua João Gualberto dos Santos, bairro Céu Azul.

A modernização da iluminação está sendo realizada pela BHIP, nova concessionária de Iluminação Pública do município de Belo Horizonte. O cronograma de modernização da iluminação pública de Belo Horizonte prevê a substituição de 182 mil pontos por modernas luminárias LED, que iluminam mais, são mais econômicas e têm durabilidade três vezes maior que as atuais lâmpadas de vapor de sódio. A troca de 100% das luminárias pela tecnologia LED ocorrerá em três anos, sendo concluída até o final de 2020.

Conforme solicitação da Prefeitura, a substituição começou pelas áreas mais carentes e com maiores índices de criminalidade. Até o final de agosto de 2018, as regiões de Venda Nova, Barreiro e Norte já estarão totalmente modernizadas, com aproximadamente 50 mil pontos funcionando com a nova tecnologia.

Após a modernização, as novas luminárias LED trarão economia na conta de energia elétrica da iluminação pública da Prefeitura, além de atender as normas de iluminação brasileira, a ABNT 5101. Além disso, acredita-se que com a cidade melhor iluminada, haja redução na criminalidade e diminuição nos atropelamentos noturnos ocorridos em razão de iluminação insuficiente.
 
O cronograma de substituição está sendo acompanhado pela Diretoria de Iluminação Pública (DILP) da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (SMOBI). De acordo com Henrique Castilho, além da melhoria da iluminação, a nova tecnologia é mais eficiente: enquanto a taxa de falha das lâmpadas de vapor de sódio atuais fica em torno de 6%, nas novas luminárias será de até 1%.

 

14/11/2017. Venda Nova mais iluminada. Fotos: Divulgação/PBH

Últimas Notícias

Cadastro de ambulantes para o Carnaval começa dia 27/11

Segunda-feira, dia 27 de novembro, é a data de início do cadastro de ambulantes para o Carnaval de Belo Horizonte 2018. 

23/11/2017 | 18:35

Feira da Afonso Pena ganha uma hora a mais de funcionamento

A Feira de Artes e Artesanato da avenida Afonso Pena vai funcionar até o fim do ano com horário estendido, das 8h até as 15h. 

21/11/2017 | 18:23