Pular para o conteúdo principal

Prefeitura aperfeiçoa modelo de Avaliação de Desempenho de Servidores

06/05/2019 | 18:29 | atualizado em 11/06/2019 | 16:01

Para facilitar a identificação de competências dos servidores municipais, empregá-las da maneira mais adequada, e, assim, contribuir nos processos de melhoria da prestação serviços ofertados à população, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, reestruturou a metodologia utilizada para gestão do desempenho do funcionalismo municipal. O novo modelo de Avaliação de Desempenho por Competências, apresentado na terça-feira, dia 30/4, ao corpo gerencial do Município, pretende reforçar os potenciais de cada servidor e identificar os “gaps de competências” (lacunas) para superá-los e desenvolvê-los.

 

De acordo com a subsecretária de Gestão de Pessoas, Fernanda Neves, o modelo anterior estava diretamente ligado à questão de progressão e impactos financeiros no vencimento, fatores que tornavam a avaliação um instrumento vinculado apenas à questão de progressão nas carreiras, sem focar nas competências que precisavam ser desenvolvidas. “Com a reformulação, teremos clareza de estratégia para alinhar pessoas às entregas pactuadas, com instrumentos formais para esse roteiro. Nesse processo, o gestor deixa claro o que espera de cada membro de sua equipe, realiza feedbacks intermediários, para direcionar as atividades, e reuniões periódicas, para acompanhar as entregas”, detalha Neves.

 

Ela explica que a nova gestão de desempenho será totalmente on-line, eliminando impressões e papéis. Outra mudança é que, agora, haverá a auto-avaliação e a avaliação do gestor, sem necessidade de análises de pares. Essas avaliações terão início em novembro, primeiramente com os servidores da Educação e, na sequência, com as demais carreiras.

 

 

Trilhas da Aprendizagem

Na oportunidade, a subsecretária apresentou o programa Trilhas de Aprendizagem, que tem por objetivo promover a aprendizagem e qualificar os servidores para o exercício de suas atividades, por meio de vídeos, filmes e cursos. Também durante o encontro, o subsecretário de Planejamento e Orçamento, Bruno Passeli, explanou os mecanismos do Contrato de Metas, pactuado entre os responsáveis por cada pasta e o prefeito, que determina quais as entregas do Município para o cidadão.

 

O encerramento ficou por conta do professor na área de Gestão da PUC Minas e auditor fiscal da Receita Estadual de Minas Gerais, Geraldo Boaventura, que ministrou a palestra “Liderança Organizacional em Contextos de Alta Complexidade”.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Homem segura bebê na saída de brinquedo infantil inflável, acompanhado por casal; casal  passeia à frente e mulher olha uma criança e um rapaz à frente de outro brinquedo inflável, durante o dia. BH é da Gente faz ação por alimentação saudável na Pedreira Prado Lopes

Neste domingo, dia 16/6, o BH é da Gente – Araribá vai promover ações de conscientização alimentar e da cidadania.

13/06/2019 | 22:06
Vista aérea do Parque das Mangabeiras, durante o dia. Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana

Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana, nos dias 15 e 16/6. 

13/06/2019 | 18:54