Pular para o conteúdo principal

Foto aérea do Bairro Sion na década de 1990, com prédios e área verde em elevações.
Foto: Arquivo PBH

Exposição virtual retrata a cartografia da regional Centro-Sul de Belo Horizonte

20/05/2019 | 20:59 | atualizado em 22/05/2019 | 19:57

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, abre, na quarta-feira, dia 22 de maio, a “Exposição Virtual Cartografia Histórica da Regional Centro-Sul”. A abertura da mostra, que tem como objetivo divulgar o acervo do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte, aproximando a instituição da sociedade, será às 9h, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (rua Carangola, 288, 8º andar, bairro Santo Antônio). A entrada é gratuita. A exposição virtual estará disponível em um totem no saguão da Secretaria Municipal de Educação e também poderá ser vista por meio do Portal PBH.

 

A Exposição Virtual Cartografia Histórica da Regional Centro-Sul é fruto de pesquisa da equipe técnica do Arquivo Público, que procura divulgar para a sociedade a riqueza e a diversidade do acervo que está disponível para consulta por qualquer pessoa interessada. Além de documentos cartográficos, tais como mapas, plantas, projetos arquitetônicos, projetos paisagísticos e outros, a mostra traz ainda documentos como fotografias, cartazes, cartões-postais, relatórios, legislação e textos jornalísticos da região.

 

Os documentos permitem conhecer como se deu a evolução desse espaço ao longo do tempo. São contemplados diferentes períodos da história da regional Centro-Sul, cujo território compreende toda a área urbana projetada pela Comissão Construtora, além de regiões da cidade que ficam nas proximidades do município de Nova Lima.

 

 

Valorização da memória

De acordo com a técnica em patrimônio cultural do Arquivo Público e curadora da exposição, Helena Guimarães Campos, os documentos revelados na mostra podem enriquecer o conhecimento de pesquisadores, estudantes e professores da educação básica sobre a história local e regional e permitir uma valorização da memória e das edificações e lugares ligados ao modo de viver dos belo-horizontinos.

 

“Conhecer os principais marcos da ocupação do território da regional e as características do transporte, das habitações, das indústrias, do comércio e dos serviços que fizeram e ainda fazem parte da história da regional Centro-Sul é importante para que a comunidade escolar possa fazer uma análise crítica da extensão e da efetividade da cidadania nesse espaço”, define.

 

O projeto de Exposições Virtuais do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte foi inaugurado em 2018 com a série Exposições Virtuais - Cartografia Histórica das Regionais de Belo Horizonte. A primeira mostra contemplou a regional Barreiro.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Vista lateral do Museu de Arte da Pampulha, com lagoa ao fundo, durante o dia. Programa Bolsa Pampulha recebe a artista Rosângela Rennó

O Museu de Arte da Pampulha recebe, nos dias 6 e 7/7, oficina e palestra com a artista Rosângela Rennó.

25/06/2019 | 20:00
Mais de trinta pessoas transitando entre estandes do Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte, o FIQ-BH. FIQ-BH concorre a prêmio Jayme Cortez

Pela sua contribuição para o quadrinho nacional, o Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte concorre a um prêmio.

24/06/2019 | 20:17