Pular para o conteúdo principal

Teleconsulta - Sintomas gripais

criado em 22/06/2022 - atualizado em 24/06/2022 | 16:03

A Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, em parceria com a Unimed-BH, oferece para todos os pacientes atendidos pelo SUS-BH a modalidade de consulta on-line para casos suspeitos de Síndrome Gripal. Todos os moradores de Belo Horizonte, de qualquer faixa etária, cadastrados em Centros de Saúde na capital, têm acesso à ferramenta cedida pela Unimed-BH e podem realizar esse tipo de atendimento com médicos do SUS pelo portal da Prefeitura de Belo Horizonte. O serviço está disponível e funciona de segunda a sexta-feira, a partir das 7h30.                                   

AGENDAR TELECONSULTA


A consulta deve ser realizada por pessoas que apresentam sintomas como tosse, dor de garganta, congestão nasal e coriza, com ou sem febre. A iniciativa tem o objetivo de atender e orientar a população, diminuindo assim a circulação de pessoas, principalmente os grupos de maior risco – como idosos, crianças, imunossuprimidos e gestantes – aos serviços de saúde.
 

Somente moradores de Belo Horizonte e cadastrados em Centros de Saúde na capital, têm acesso ao teleatendimento. Caso o cidadão não seja cadastrado, ele deverá procurar o Centro de Saúde de referência para realizar o cadastro. Os endereços estão disponíveis no portal da Prefeitura. O serviço é uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde com a Unimed-BH.

 

O cidadão acessa através do portal da Prefeitura onde estará disponível o link para agendar uma Consulta On-line Síndrome Gripal, selecionando a opção de atendimento de acordo a faixa etária (Teleconsulta síndrome gripal adulto ou tele consulta síndrome gripal pediátrica). Atenção: nesta tela só aparecerão os serviços com agendamento aberto. Após confirmar o cadastro na plataforma, o paciente entra em uma tela para escolha de data e  horário da teleconsulta, dentro da disponibilidade da rede SUS BH. Próximo ao horário agendado, o usuário entrará novamente no sistema com seus dados cadastrais (CPF e data de nascimento) e terá acesso à consulta por vídeo.

 

As consultas pediátricas deverão sempre ser realizadas através do cadastro do paciente e não com o cadastro dos pais/responsáveis, que devem estar junto à criança/adolescente durante toda a realização do teleatendimento.

 

De acordo com o diagnóstico, receberá orientações de isolamento domiciliar, prescrição e outros documentos médicos, que serão enviados ao e-mail cadastrado em até 24 horas úteis. Com a impressão da receita, o paciente ou responsável poderá buscar o medicamento no Centro de Saúde de sua área de abrangência. Os pais e/ou responsáveis pelas crianças atendidas receberão um contato telefônico 24 horas após o teleatendimento para fins de monitoramento e orientações. Os adultos com síndrome gripal e com critérios de risco receberão telemonitoramento por telefone pela equipe da unidade de atendimento em até 48 horas, de acordo com a indicação médica, para avaliar a evolução dos sintomas relatados na teleconsulta.

 


Veja as orientações para a realização e acesso à Plataforma de Atendimento das Teleconsultas Coronavírus PBH, ou baixe AQUI um passo a passo resumido.

Dúvidas e mais informações: consultaonlinesusbh@pbh.gov.br