Pular para o conteúdo principal

Desenvolvimento

Secretaria Municipal de Desenvolvimento 

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento foi criada pela Lei Nº 10.101, de 14 de Janeiro de 2011, com a finalidade de articular a definição e a implementação da política de desenvolvimento econômico do Município, de forma integrada e intersetorial, visando ao fomento industrial, comercial e de prestação de serviços, à promoção de programas estratégicos de planejamento urbano e à execução de atividades destinadas ao desenvolvimento econômico sustentável do Município, harmonizado com a inclusão social de todos os cidadãos.

Entre as competências da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, está a coordenação da estratégia, monitoramento e avaliação dos planos, programas e projetos de desenvolvimento do município, em consonância com o planejamento e intervenções urbanísticas e definições do Plano Diretor do Município. É também responsável pelas pelas políticas de desenvolvimento turístico, científico e tecnológico e atividades de relações internacionais do Município, em conjunto com os demais órgãos e entidades da Administração Municipal.

 

Estrutura Organizacional

 

Secretaria Municipal Adjunta de Desenvolvimento Econômico

A Secretaria Municipal Adjunta de Desenvolvimento Econômico (SMADE) foi criada em 2011 e tem por finalidade elaborar e implementar a política de fomento industrial, de comércio e de prestação de serviços e outras parcerias que priorizem a vocação da Cidade.

Dentre as competências da SMADE estão:

I - elaborar e implementar a política de desenvolvimento econômico do Município, mediante a adoção de medidas que representem estímulos e incentivos à iniciativa privada, harmonizadas com a inclusão social de todos os cidadãos;

II - promover e gerenciar a integração dos planos e projetos dos diversos órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo relacionados ao desenvolvimento econômico do Município, de forma a maximizar o crescimento econômico sustentável;

III - promover e propor programas e políticas que estimulem a economia solidária e a concessão de crédito popular, bem como a articulação de cooperativas de trabalho, crédito, serviços, produção e consumo;

IV - estimular o desenvolvimento de atividades artesanais e de economia de pequena escala, abrangendo a valorização do artesão e a promoção da industrialização e da comercialização;

V - desenvolver ações para a melhoria do ambiente municipal de negócios, apoiar e assistir o empresariado por meio de núcleos avançados de prestação de serviços integrados e prestar apoio e orientação técnica às empresas em nível municipal, com ênfase no microempreendedor individual, na micro, pequena e média empresa, e no jovem empreendedor;

VI - consolidar e gerenciar planos de desenvolvimento econômico de médio e longo prazo, em parceria com a iniciativa privada e com outros entes federados;

VII - estimular e apoiar a manutenção, a instalação e o desenvolvimento de empreendimentos nas atividades de vocação da Cidade, com ênfase na pesquisa, na produção e na disseminação de novas tecnologias;

VIII - propiciar a integração entre os setores produtivos, os prestadores de serviços e o setor público, visando impulsionar o desenvolvimento local;

IX - prospectar, identificar e criar oportunidades locais, nacionais e internacionais de negócios, promovendo a atração de investimentos para o Município;

X - produzir, gerir e difundir dados e informações sobre o Município e sua economia, com ênfase nos incentivos fiscais e creditícios;

XI - promover convênios e parcerias necessários à execução de políticas de desenvolvimento econômico;

XII - planejar, desenvolver e coordenar as atividades relacionadas a parcerias público-privadas, assessorando todos os órgãos da Administração Municipal nestas atividades;

XIII - desenvolver outras atividades destinadas à consecução de seus objetivos.

Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho e Emprego

O objetivo principal da Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho e Emprego é promover a inserção do cidadão belo-horizontino no mercado de trabalho. Visando ao desenvolvimento econômico com inclusão social, sua equipe busca elaborar e implementar políticas de investimento em qualificação profissional e de geração de emprego no Município. O Programa Melhor Emprego, lançado em 15 de setembro de 2010, é um importante sustentador do acesso mais amplo à dignidade e cidadania, já que estabelece propostas e metas de trabalho claras e viáveis.

Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento Urbano

O crescimento de uma cidade como Belo Horizonte precisa ser cuidadosamente pensado, com o objetivo de compatibilizar aspectos urbanos, econômicos, ambientais e sociais. Um ambiente urbano saudável é aquele em que todos têm acesso aos benefícios que caracterizam a vida na metrópole: saúde e educação de qualidade, ampla gama de serviços, áreas de lazer e equipamentos culturais, entre outros.

A Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento Urbano tem a função de programar o crescimento equilibrado do Município, garantindo a todos os cidadãos qualidade de vida em uma cidade sustentável, que ofereça acesso a trabalho, emprego, renda, serviços e lazer.

Secretaria Municipal Adjunta Relações Internacionais

As últimas décadas foram marcadas por mudanças significativas e pelo entrelaçamento entre culturas, sociedades e economias. Houve um processo de intensificação e democratização das relações internacionais a partir do surgimento de novos atores tais como empresas multinacionais, ONGs, movimentos sociais e governos locais.

Hoje, o sistema internacional é um espaço vital de oportunidade e aprendizado para toda cidade, município ou território. Esses atores podem trocar experiências em áreas como urbanismo, infra-estrutura, habitação, sustentabilidade, meio ambiente, mobilidade, entre outras, sempre com o objetivo de construir capacidades e melhorar a qualidade de vida local.

A inserção dos governos locais e regionais, assim como de suas redes, no sistema internacional é um processo que vem se expandindo. Logo, para que um governo local possa exercer plenamente suas competências, prestar serviços públicos eficientes, promover sua capacidade produtiva ou desenvolver o modelo de cidade, município ou território que sua população deseja, é importante que aproveite as oportunidades oferecidas pelas relações internacionais.

Neste contexto, foi criada em 2005 a Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais, que atua pensando o desenvolvimento de Belo Horizonte através de ações que projetam a cidade no cenário nacional e internacional, promovendo ações que propiciem o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida da cidade.

 

+ Portal Secretaria Municipal de Desenvolvimento 

Banner Serviços
Foto oficial do Secretário Municipal de Desenvolvimento, Daniel Nepomuceno
Daniel Nepomuceno
Secretário Municipal de Desenvolvimento

Bacharel em Direito e pós-graduado em Ciências Políticas. Foi secretário adjunto de Estado de Defesa Social. Em 2009, assumiu a Coordenadoria de Defesa dos Direitos Humanos da PBH e, em 2013, foi nomeado Secretário Municipal de Serviços Urbanos. 

Bruno Miranda, secretário municipal adjunto de Desenvolvimento.
Bruno Miranda
Secretário Municipal Adjunto de Desenvolvimento Econômico

Graduado em Odontologia, foi assessor na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana de 2005 a 2008. Foi eleito vereador por dois mandatos, sendo autor de 47 Leis Municipais. Foi Secretário Municipal de Esporte Lazer.

Izabel Dias de Oliveira Melo, Secretária Municipal Adjunta de Planejamento Urbano.
Izabel Dias de Oliveira Melo
Secretária Municipal Adjunta de Planejamento Urbano

Arquiteta Urbanista,mestre em Geografia e especialista em Engenharia Sanitária e Meio  Ambiente, tem  experiência em trabalhos na área de Gestão e Planejamento Urbano e  Regional em diversas cidades brasileiras.