Pular para o conteúdo principal

APPIA: consolidando projetos de vida

criado em 22/09/2021 - atualizado em 20/10/2022 | 17:15

APPIA 3

 

O APPIA: consolidando projetos de vida é um dos programas da política educacional da Secretaria Municipal de Educação que se destina a jovens com mais de 15 anos, adultos/as e idosos/as. O programa tem como objetivo garantir a seu público-alvo um percurso de escolarização contínuo e integrado, fundamentado na construção da cultura do direito à educação ao longo da vida e no diálogo entre o desenvolvimento, os processos de aprendizagem e a inserção social dos sujeitos.

 

Assim, APPIA: consolidando projetos de vida comprometendo-se com a Educação de Jovens e Adultos (EJA) como direito humano e reconhecendo a necessidade da garantia de um ensino diversificado, desenvolveu um plano estratégico alicerçado em ações que buscam criar uma rede dialógica entre as dimensões de ensino e aprendizagem e as relações pedagógicas e sociais, a fim de atender às especificidades e à pluralidade dos sujeitos.

 

AÇÕES APPIA: CONSOLIDANDO PROJETOS DE VIDA

 

O objetivo do “APPIA- Consolidando projetos de vida” é dar oportunidade a jovens, adultos/as e idosos/as no atendimento para alfabetização e certificação, com projeto de inserção social. Para que esse processo seja contínuo e harmonioso é importante a adoção de algumas ações:

 

Currículo e monitoramento da aprendizagem

 

Esta ação visa associar experiências de vida (leitura de mundo) com novos conhecimentos cognitivos (leitura, interpretação e cálculos) nas diferentes áreas do saber, dessa forma será possível efetivar os processos de alfabetização e certificação de jovens, adultos/as e idosos/as da cidade.

 

É importante manter diálogos com os/as professores/as da EJA no sentido de desenvolver planos curriculares pautados nas Proposições Curriculares EJA, nos Cadernos Pedagógicos EJA, Cadernos de Alfabetização para EJA e outras produções docentes.

 

O “Encontro de Diálogos”, acontecem desde março de 2021, sempre na última sexta-feira de cada mês, com o objetivo de construir uma proposta para Educação de Jovens e Adultos que contribua para a formação dos/as estudantes e para refletir sobre os diferentes aspectos que influenciam essa formação.  O “Encontro de Diálogos” configura-se como um espaço para informações, debates, reflexões e trocas de experiências e tem a participação de todos/as os/as envolvidos/as com a EJA.

 

Acontecem também reuniões com os coordenadores/as de EJA em uma das sextas-feiras de cada mês para alinhamento dos trabalhos de ensino aprendizagem com estudantes da EJA.

 

Encontro EJA

 

Uma outra ação importante é a realização do monitoramento específico em turmas de intersetorialidade, aprimoramento e adequação da concepção e formas de avaliação na EJA (diagnóstica, processual e formativa) alcançando as especificidades das turmas e dos sujeitos.

Muitas são as habilidades que o processo de escolarização possibilita desenvolver na EJA. 

 

Entre elas algumas precisam fazer parte do planejamento pedagógico do/a professor/a, numa perspectiva de desenvolvimento da autonomia e do domínio da leitura e da escrita nos diversos contextos sociais.


As matrizes com as habilidades foram elaboradas para compor o SMAE (Sistema de Monitoramento e Acompanhamento Escolar), objetivando organizar e torná-las visíveis ao/à professor/a, que poderá usá-las no planejamento e na avaliação
das suas práticas pedagógicas cotidianas.

 

Sistema de Monitoramento e Acompanhamento Escolar - SMAE

 

Sistema de Monitoramento e Acompanhamento Escolar - SMAE

 

O Sistema de monitoramento - SMAE permite identificar em qual nível de escrita se encontra o/a educando/a da turma de alfabetização/EJA. Esta funcionalidade se encontra à parte das avaliações por área do conhecimento e está disponível para acesso e alteração a qualquer momento do ano letivo.

 

Ampliação do atendimento intersetorial

 

A Secretaria amplia o atendimento a estudantes de EJA em turmas externas, iniciadas a partir da intersetorialidade. O objetivo é apresentar propostas de ações para o público da EJA em diálogo permanente com os demais setores envolvidos no atendimento a esses sujeitos, pensando em novas possibilidades de atendimento intersetorial, para que a educação se torne mais acessível para as pessoas jovens, adultas e idosas.

 

Projeto de qualificação para o trabalho, emprego e renda

 

Considerando os desafios socioeconômicos desencadeados pela pandemia da Covid-19 em todo o país e, pontualmente em Belo Horizonte, para as camadas mais vulneráveis da população, um projeto de qualificação para o trabalho, emprego e renda, torna-se necessário no sentido de trazer opções para minimizar as dificuldades cotidianas entre jovens, adultos/as e idosos/as da EJA, além de identificar e viabilizar a qualificação para o trabalho, emprego e a geração de renda como um dos direitos do/o cidadão/ã estudante da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte.

 

O Projeto Geração de Emprego e Renda para estudantes da EJA (Gere) é uma opção de resposta aos atuais desafios enfrentados pela grande parcela da população jovem, adulta e idosa (60+) da nossa cidade. São estudantes da EJA que estão desempregados, ou atuando no trabalho informal, no empreendedorismo de necessidade, na economia solidária, na expectativa do primeiro emprego ou precisando de orientações como menor aprendiz.

 

Em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) pretende-se inserir estudantes, professores e profissionais da EJA no “Fórum Qualifica BH” promovido pela Subsecretaria do Trabalho e Emprego- SUTE (SMDE). Além disso, anualmente é realizado o “Qualifica EJA”, evento que tem a parceria da SMDE com a Smed, para levar estudantes da EJA a conhecerem parcerias voltadas para a formação profissional.

 

Projeto Geração de Emprego e Renda (Gere) para estudantes da EJA  

 

Ação estratégica para informar, encorajar e disponibilizar oportunidades de aprendizagem e ofertas de qualificação profissional para o trabalho, o emprego e a geração de renda para estudantes matriculados na EJA que precisarem e desejarem participar.

 

A abertura oficial do Projeto de Geração de Emprego e Renda (Gere) ocorreu no dia 17 de setembro de 2021, com a participação da secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Claudio Beato, e de parceiros que irão oportunizar cursos de formação para nossos/as estudantes. Com a participação de setores parceiros, no mês de outubro de 2021, foram iniciadas importantes formações e as vagas para os próximos cursos já estão sendo divulgadas.

 

Veja o vídeo do aluno Hebert, que participou do curso de panificação.

Qualifica EJA- (Gere)-setembro de 2021

 

Em 2022 ,o QUALIFICA EJA teve sua abertura no dia 23 de setembro e  entre os dias 26 e 28 aconteceram os encontros regionalizados com a divulgação dos cursos da Prodabel, CRESAN e SENAC. Contamos também com a participação da servidora Camila Freitas da  SUTE, apresentando o tema: O futuro do trabalho e o trabalho do futuro, nos três dias do QUALIFICA-EJA regionalizado com os/as estudantes nas escolas.

 

Produção dos Cadernos Pedagógicos da EJA e formação

Em 2020 foi realizada uma formação sobre os “Cadernos Pedagógicos da EJA” para 200 profissionais. O produto dessa formação foi a criação de cinco Cadernos, em parceria com a UFMG, sob a coordenação do professor Heli Sabino.

 

Para 2021, estão sendo produzidos nove Volumes Pedagógicos sobre Alfabetização na EJA, em parceria com a UFMG, sob a coordenação da professora Francisca Maciel. A partir desses Volumes Pedagógicos sobre Alfabetização na EJA está sendo realizada uma formação com previsão de término em 2022.

 

Para acessar os “Cadernos Pedagógicos para Educação de Jovens e Adultos, clique na subaba: DOCUMENTOS E PUBLICAÇÕES DA EJA E TRABALHOS DE DOCENTES.

 

DOCUMENTOS E PUBLICAÇÕES DA EJA E TRABALHOS DE DOCENTES
Cadernos Pedagógicos da EJA

Os “Cadernos Pedagógicos para Educação de Jovens e Adultos” foram elaborados, entre os anos de 2018 a 2020, por professores da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte (RME-BH), estudantes de graduação e professores/as da UFMG. Trata-se de cadernos elaborados pelos/as e para os/as profissionais docentes que atuam nessa modalidade educativa. Os cadernos compõem uma coleção: “Lendo o mundo lendo palavras” e apresentam os seguintes títulos e abordagens: 

 

Cadernos Pedagógicos 1: EJA, ESPAÇO E CULTURA: Direito à Cidade

icone pdf Cadernos Pedagógicos 1: EJA, ESPAÇO E CULTURA: Direito à Cidade

 

Cadernos Pedagógicos 2: EJA E CIDADE: Direito à Memória

icone pdf Cadernos Pedagógicos 2: EJA E CIDADE: Direito à Memória

 

Cadernos Pedagógicos 3: EJA, MUNDO DO TRABALHO: Direito à Dignidade

icone pdf Cadernos Pedagógicos 3: EJA, MUNDO DO TRABALHO: Direito à Dignidade

 

Cadernos Pedagógicos 4: EJA, SAÚDE E CORPOREIDADE: Direito à Vida

icone pdf Cadernos Pedagógicos 4: EJA, SAÚDE E CORPOREIDADE: Direito à Vida

 

Cadernos Pedagógicos 5: EJA, EDUCAÇÃO MIDIÁTICA: Direito à Informação e à Comunicação

icone pdf Cadernos Pedagógicos 5: EJA, EDUCAÇÃO MIDIÁTICA: Direito à Informação e à Comunicação

 

Volumes Pedagógicos EJA

A formação continuada é um marco de consciência e aprimoramento do/a profissional docente. Por isso, o coletivo de professores/as conta, novamente, com o trabalho colaborativo e parceiro da UFMG.

Com a produção de nove volumes pedagógicos da coleção “Lendo e escrevendo as palavras, lendo e escrevendo o mundo”, (ainda em elaboração), específica de letramento e alfabetização na EJA, os/as professores/as poderão participar de novos processos formativos para seu desempenho profissional.

 

Documento orientador

icone pdf Lendo e escrevendo as palavras, lendo e escrevendo o mundo: conhecimentos essenciais para a alfabetização de jovens e adultos na Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte

 

Volume 1

icone pdf Volume 1 - Alfabetização e Letramento da EJA e os Princípios Freirianos.

 

Lendo e escrevendo as palavras, lendo e escrevendo o mundo: conhecimentos essenciais para a alfabetização de jovens e adultos na Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte- Volume 2

icone pdf Volume 2 - Cultura Escrita, Oralidade e os Preconceitos Linguísticos.

 

Lendo e escrevendo as palavras, lendo e escrevendo o mundo: conhecimentos essenciais para a alfabetização de jovens e adultos na Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte- Volume 3

icone pdf Volume 3 - A Psicogênese da Língua Escrita e a Alfabetização de Pessoas Jovens, Adultas e Idosas.

 

Lendo e escrevendo as palavras, lendo e escrevendo o mundo: conhecimentos essenciais para a alfabetização de jovens e adultos na Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte- Volume 4

icone pdf Volume 4 - Apropriação do Sistema de Escrita Alfabética na Alfabetização de Jovens e Adultos.

 

Volume 5 - Conhecimentos de Ortografia e a Alfabetização de Jovens e Adultos

icone pdf Volume 5 - Conhecimentos de Ortografia e a Alfabetização de Jovens e Adultos

Proposições Curriculares EJA

Proposições Curriculares Eja

Proposições Curriculares para a Educação de Jovens e Adultos

 

Percursos Curriculares e Trilhas de Aprendizagens para a Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte em Tempos de Pandemia

Percursos curriculares

Percursos Curriculares e Trilhas de Aprendizagens para a Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte em Tempos de Pandemia

 

Matrizes de Habilidades da EJA para o SMAE - Sistema de Monitoramento e Acompanhamento Escolar na EJA

icone pdf Matrizes de Habilidades da EJA para o SMAE - Sistema de Monitoramento e Acompanhamento Escolar na EJA

Trabalhos apresentados nos congressos de Boas Práticas de Educação da PBH

Anais do 1º Congresso de Boas Práticas dos Profissionais da RME | BH - 2018 

Anais do 2º Congresso de Boas Práticas dos Profissionais da RME | BH - 2019

 

Trabalhos de professores/as da EJA

Tenha acesso a trabalhos e projetos desenvolvidos por professores/as da EJA. 

 

 

FORMAÇÕES EJA

 

As formações para os/as profissionais da EJA, estão disponíveis no link do Centro de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (Cape).

O Cape promove a formação e o desenvolvimento dos/as profissionais da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte (RME-BH).  Ele tem desenvolvido ações de promoção, incentivo e colaboração, voltadas para os/as profissionais da educação, considerando o distanciamento social decorrente do contexto de pandemia. Dentre essas ações, encontram-se a organização, a articulação e a divulgação de encontros formativos, webinários e cursos de formação continuada.

Centro de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (Cape)

 

Formação: “Lendo e escrevendo as palavras, lendo e escrevendo o mundo”

 

Em setembro de 2021, teve início a Formação: “Lendo e escrevendo as palavras, lendo e escrevendo o mundo”, voltada para a alfabetização de jovens e adultos e suas especificidades.

 

A formação tem uma carga horária total de 134 horas, com 17 encontros síncronos de 2 horas (totalizando 34 horas), mais 2 horas semanais de leitura de materiais e de realização de atividades (totalizando 100 horas). O encerramento da formação aconteceu em 19 de agosto de 2022, no auditório do 8º andar da SMED(Secretaria Municipal de Educação).

 

O 8º encontro da formação ocorreu no dia 3 de dezembro de 2021, com a participação enriquecedora de cursistas, que partilham suas vivências em turmas de EJA, sempre colaborando para o desenvolvimento da formação.

 

Os temas abordados nos encontros são:

1) Especificidades da Educação de Jovens e Adultos (EJA)

2) Alfabetização e Letramento na Educação de Jovens e Adultos

3) Psicogênese da língua escrita

4) Ortografia no ensino para adultos da EJA

5) Oralidade

6) Produção textual

7) Leitura

8) Planejamento

9)  Avaliação

Eja - Formação

 

ESCOLAS MUNICIPAIS QUE OFERECEM TURMA DE EJA

A Rede Municipal de Educação conta, atualmente, com 95 Escolas Municipais que oferecem a modalidade de Educação de Jovens e Adultos- EJA, na cidade de Belo Horizonte. As escolas estão distribuídas nas nove regionais da cidade.

São oferecidas turmas mistas de alfabetização e certificação. Há oferta de turmas em outros espaços da cidade, para atender demandas específicas.

RegionaisEscolas com EJA

Turmas de Eja Externas*

Barreiro1608
Centro-Sul0909
Leste0608
Nordeste1206
Noroeste0907
Norte1301
Oeste0702
Pampulha0809
Venda Nova1606

 * As turmas externas da Educação de Jovens e Adultos existem para que a educação se torne mais acessível para as pessoas jovens, adultas e idosas. São 56 turmas em diversos espaços da cidade, tais como, CRAS, Centros de Convivências, Igrejas, Centros culturais, ILPIs, entre outros espaços da Cidade.

 

icone pdf 1- Endereço das Diretorias Regionais de Educação(verifique qual é a regional mais próxima da sua casa ou trabalho).

icone pdf 2-Telefone das Escolas da RME-BH com turmas de EJA

 

MATRÍCULA NA EJA

 

A Educação de Jovens e Adultos é uma modalidade da Educação Básica destinada a jovens e adultos/as que não tiveram acesso e/ou não concluíram o Ensino Fundamental (1º ao 9º anos) e/ou o Ensino Médio.

 

A matrícula pode ser feita em qualquer época do ano, na escola de preferência do/a estudante. A proposta da Educação de Jovens e Adultos é garantir o direito a todos/as os/as cidadãos/ãs de iniciar, retomar ou concluir os estudos.

           

A Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte oferece Ensino Médio somente na modalidade EJA e apenas na Escola Municipal Caio Líbano Soares, rua Carangola, 288, 6º andar, bairro Santo Antônio. É a única escola da RME-BH que atende exclusivamente a modalidade EJA, contemplando todas as idades e níveis de Ensino Fundamental e Médio, nos três turnos de funcionamento.

 

Para ingressar no Ensino Fundamental é necessário ter no mínimo 15 anos completos. Para o Ensino Médio é preciso ter no mínimo 18 anos completos e a comprovação de conclusão do Ensino Fundamental.

 

Conforme o Ofício SMED/DAOR/EXTER No 001/2022, as matrículas para a EJA podem ser feitas diretamente nas escolas.

 

As matrículas também podem ser realizadas através do cadastro, de acordo com calendário divulgado pela Secretaria Municipal de Educação. 

 

icone pdf Ofício SMED/DAOR/EXTER No 001/2022 - Orientações para o fluxo de efetivação de matrículas na Modalidade Educação de Jovens e Adultos - EJA